Integração do ERP com e-commerce 5 dicas



Integração do ERP com e-commerce 5 dicas

Desde o final da década de 80, com a popularização da internet, os hábitos dos consumidores vêm se modificando. Os e-commerces e marketplaces, por exemplo, têm ganhado destaque e proporcionado diversas vantagens, como praticidade, variedade de produtos e preços atrativos.

Junto a isso, as empresas têm se transformado e recorrido às novas ferramentas para aumentar sua competitividade, garantir os lucros e oferecer aos clientes experiências positivas de compras. É nesse contexto que os softwares de gestão ERP se tornaram os maiores aliados desses empreendimentos — sobretudo com a integração na plataforma e-commerce.

Como trabalho com isso há muitos anos e sou frequentemente questionado sobre dicas e dúvidas, preparei este artigo com as melhores práticas de integração. Espero que ajude!

Por que fazer a integração na plataforma e-commerce?

Antes de falarmos das práticas de integração propriamente ditas, é preciso entender por que isso é tão importante, certo?

Bom, você já deve saber que a utilização do software de gestão permite que os diversos setores da empresa trabalhem em sintonia para otimizar e acompanhar todos os processos. Com a integração não é diferente. Ela aumenta o controle das operações, amplia a eficiência do negócio e reduz os custos.

Comentários