Contrate uma plataforma de e-commerce SaaS



Contrate uma plataforma de e-commerce SaaS

Recente estudo da Forrester analisou o TCO (total cost of ownership, ou custo total de propriedade) de soluções tecnológicas em projetos de ecommerce. A principal conclusão do estudo foi o alto custo para se apropriar de uma plataforma de ecommerce, pelos seus custos diretos e indiretos.

Esse pode ser um dos fatores que justificam o crescimento pela busca de software como serviço, ou seja, plataformas de e-commerce nas quais a loja virtual não é proprietária do código fonte, segundo a Forbes.

A explicação é que o TCO de operações On-Premises, no qual a empresa detém a posse da plataforma de e-commerce, tem sido uma questão desafiadora. Em outras palavras, o custo imaginado no momento da compra do código on-premises acaba aumentando no desenrolar do projeto devido a outros custos envolvidos.Consequência: metade das operações de e-commerce estudada pela Forrester revelou que o custo da posse da plataforma é mais alto, ou muito mais alto, do que haviam previsto.

Os custos reais de sustentar uma plataforma de e-commerce, seja o desenvolvimento interno ou a compra de um código é substancial, e, na média, os varejistas digitais pesquisados pela Forrester gastam 7% de sua receita on-line para deter a posse de uma plataforma – no Brasil, esse número chega a 9%.

Comentários