7 motivos para migrar sua operação para a nuvem



A migração para a nuvem tem se tornado uma estratégia comum de muitas empresas, já que, aliada à tecnologia, consegue entregar resultados mais rápidos, aumentar a produtividade e a competitividade. Apesar de existir uma certa resistência por parte de alguns empreendedores na migração para o Cloud Computing, os benefícios que ela entrega são fortes motivos para adotar a solução. Veja:

01- Redução de custos

Migrar uma operação ou o sistema todo de uma empresa para a nuvem acarreta em uma redução de custos, já que ter uma gestão através de cloud computing não requer uma infraestrutura física elaborada, bastando um computador para acesso aos dados. Logo, custos com licença de software, hardware, energia, equipamento, entre outros, deixam de ser um gasto a mais para o empreendimento.

02- Manutenção

Além da redução de custos com relação à infraestrutura física, migrar para a computação em nuvem não requer manutenção constante, atualização ou configuração por parte da empresa. Na contratação de um plano de cloud computing, cabe ao fornecedor arcar com isso.

03- Segurança de dados

Ao contrário da resistência de muitos empresários em não migrar para a nuvem por conta do fator segurança, a operação não só é segura como também usufrui de uma criptografia de alto nível, evitando a contaminação de dados por vírus, invasão ou roubo.

04- Backup

Ainda no quesito segurança, migrar a gestão de um negócio para a nuvem possibilita um backup dos dados armazenados, protegendo-os, ainda mais, contra alguma perda ocasional. No cloud computing, os arquivos são sincronizados de maneira automática e eles podem ser facilmente recuperados.

05- Eficiência e aumento de resultados

Quando dados e informações estão salvos em nuvem, sobra mais tempo para executar outras atividades dentro da empresa, o que acaba aumentando a produtividade dos colaboradores, ocasionando a entrega de resultados rápidos.

06- Escalabilidade

O uso de computação em nuvem, ao contrário de um sistema físico de gestão, faz uso de escalabilidade, ou seja, acompanha o crescimento da empresa, sem que ela precise alterar a nuvem, fazer novos investimentos ou adaptar softwares.

07- Flexibilidade

Por se tratar de um sistema online, não há a necessidade de gestores e empresários estarem no escritório da empresa para acessar as informações necessárias para executar alguma atividade. A flexibilidade que se tem ao migrar para a nuvem permite o acesso remoto dos dados, aumentando, mais uma vez, a produtividade.

Com todos os motivos apontados, tem-se que a migração para a nuvem, seja de alguma operação específica ou do sistema completo de gestão, pode gerar benefícios competitivos para a empresa, possibilitando um aumento de produtividade e entrega de resultados rápidos.

Comentários